Folia, samba e sustentabilidade! Deixe essa festa em par com o meio ambiente

O Carnaval chegou e já terminou, mas os bloquinhos continuam! E com eles todas as cores, fantasias, diversão e muito samba no pé. Apesar da época ser de grande festividade, caminha ao lado de situações não tão alegres para o meio ambiente. Inúmeras latinhas e restos de materiais ficam espalhados pelas ruas e mares. Até mesmo o glitter prejudica a natureza, sem contar a ambição pela fantasia da moda.

Pensando nisso, a Green Farm separou algumas dicas de como aproveitar – e muito – o feriado e ainda sim ser sustentável. Basta adaptar alguns hábitos, manter a diversão e ser criATIVO. Veja abaixo:

1 – Brilhe junto à natureza!

Que tal colorir seu carnaval sem agredir o meio ambiente? Brilhe com glitter sustentável! Apesar de minúsculo, o glitter é geralmente feito de copolímeros de plástico e folículos de alumínio e, quando eliminados, por exemplo no banho, poluem ruas e oceanos. Mas como ficar sem brilhar em pleno Carnaval?! De fato, Carnaval sem brilho não é uma opção. Por isso, uma das alternativas é o “glitter caseiro”.

Para fazer, basta sal e corante de alimentos. Coloque o sal em um potinho e misture aos poucos a tinta até atingir o tom desejado e espere secar por algumas horas. Prático não? Confira mais dicas de como prepará-lo aqui.

2 – Lugar de lixo é no lixo!

Depois de cada bloquinho de rua, os jornais estampam imagens de ruas tomadas por latinhas e lixo. A quantidade de pessoas é imprevisível e pode superar qualquer expectativa ou planejamento. No último sábado (18), por exemplo, o Bloco Casa Comigo, em São Paulo, reuniu cerca de 700 mil pessoas, segundo a Polícia Militar. Dá pra imaginar a bagunça que se instalou quando a folia acabou?

De fato, com tanta gente em um único espaço, fica difícil se locomover até alguma lixeira. Por isso, que tal levar alguns saquinho de supermercado na bolsa ou na mochila? Assim, até que o recipiente esteja lotado, você se deparará com uma lixeira e poderá se livrar deste “peso” sem sujar por onde passa.

3 – Copo descartável é reutilizável

Apesar do nome “descartável”, os copos de plástico, geralmente usados para folia, não precisam ser jogados fora a cada gole. É importante ressaltar que são esses um dos principais lixos deixados durante a celebração. Que tal levar um copo seu que seja mais resistente e ficar com ele a festa toda? Mesmo que esqueça, lembre-se de utilizar o tal descartável o máximo de vezes possível. Evite desperdício!

4 – Faça sua fantasia!

Carnaval sem fantasia, não é carnaval! Mas será que é necessário comprar uma nova a cada bloco? O Catraquinha separou 25 sugestões de fantasias para fazer com papelão. Criativo, sustentável e barato. Confira as ideias clicando aqui.

5 – Vá de carona ou transporte público

As ruas estão tomadas e o trânsito fica ainda mais caótico durante esta época. Além de facilitar o trânsito e evitar dor de cabeça, dividir o transporte com outras pessoas significa menos carros e, consequentemente, menos emissão de gases poluentes. Veículos comunitários ainda permitem que você se divirta sem preocupação e costumam ser uma solução mais econômica. Uma questão a se pensar, não é mesmo?