Green Farm

BR 487 - KM 123 - Estrada Vicinal 5Km, Mato Grosso do Sul

comercial@greenfarm.com.br

(67) 3300-7700

Categorias
Uncategorized

Conheça a importância da sustentabilidade nas escolas

A premissa da sustentabilidade é buscar o equilíbrio entre os recursos naturais disponíveis em nosso planeta e a exploração deles, feita pelo ser humano, em prol do desenvolvimento econômico. Desta forma, entende-se que a sustentabilidade procura valorizar o meio ambiente, preservando seus recursos, ao mesmo tempo que lida com as necessidades de desenvolvimento para prover qualidade de vida à população.

Mas, ainda assim, a escassez dos recursos naturais já é uma realidade. Isso porque, os processos de extração de recursos naturais são, em sua maioria, invasivos e causam a degradação do planeta. Por isso, é necessário inserir a sustentabilidade na escola a partir de reflexões sobre essa extração e a importância de repensá-la, buscando alternativas menos agressivas ao planeta. Pois, só refletindo sobre isso desde a infância, é que se formam adultos mais conscientes e responsáveis. Abordar a sustentabilidade na escola também é importante para o desenvolvimento socioemocional do estudante, trabalhando valores e habilidades como empatia, ética, responsabilidade, resiliência, trabalho e colaboração em equipe, criatividade e capacidade de adaptação frente a mudanças e obstáculos.

Segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), elaborada pelo Ministério da Educação e Cultura, a educação socioemocional já deve fazer parte do currículo das escolas. E as competências que passam a fazer parte do projeto pedagógico, segundo a BNCC, são o autoconhecimento, o autogerenciamento, a tomada responsável de decisões, as habilidades de relacionamento e a consciência social.

Com a sustentabilidade na escola, investimos na formação de jovens cidadãos conscientes e qualificados para mediar melhorias, tecnologias e inovações sustentáveis, com capacidade de tomar decisões melhores para o futuro, considerando o contexto social, sua historicidade e potências de transformações do agora.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Tradutor >>